Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias

O MISTÉRIO DO CARRO DA PREFEITURA

O OSB - Observatório Social do Brasil de Pará de Minas recorreu à câmara, buscando ajuda no esclarecimento de uma situação que, à primeira vista, parece totalmente irregular.Trata-se da presença do Volkswagem Gol branco, placa PYO 7216, estacionado em frente ao nº 295 da praça Rio Branco, às 2H30, com adesivo dalogomarca da prefeitura/secretaria de saúde, no dia 30 de junho. Como o horário foge ao expediente convencional da prefeitura, o observatório solicitou esclarecimentos. Vencido o prazo de espera para a resposta, a entidade encaminhou nova solicitação, que também não foi respondida.Diante disso, o OSB encaminhou cópia a todos os vereadores, solicitando que eles ajudassem a levantar a situação, já que o exercício da função deles é de fiscalizar a municipalidade.Prontamente, a câmara acatou a solicitação e enviou requerimento, solicitando esclarecimentos. O presidente da Casa, Marcus Vinícius Faria, informou que, se a resposta não chegar no prazo legal, ele fará a denúncia ao Ministério Público. Na verdade, ao apelar para os vereadores, o observatório sustentou a busca da informação na própria Constituição Federal, que assegura a todos os cidadãos o direito de acesso à informação pública. O prazo definido em lei não pode ser superior a vinte dias.

A RESPOSTA – Agora, o OSBrecebeu um ofício da secretaria de saúde, assinado por Lucas Henrique Fonseca Oliveira, da gerência de transportes, esclarecendo que o motorista do citado carro tinha acabado de chegar de São Paulo/SP, onde tinha levado um paciente, para fazer um tratamento médico que durou uma semana.Na volta, houve necessidade de encaminhamento do paciente e seu acompanhante até o domicílio deles, onde foi retirada a bagagem. Em seguida, quando se preparava para guardar o carro, o motorista se deu conta de que estava sem a chave de casa.Aí, ele se deslocou até a praça Rio Branco, para buscar a chave. Segundo consta, teria sido uma parada de poucos minutos e, às 3H08, o veículo já estava desligado e guardado.

Mais da Gazeta