Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Variadas

CARNAVAL SEGURO POR APENAS 55 REAIS

O HNSC - Hospital Nossa Senhora da Conceição lançou a campanha Carnaval Seguro. Para tanto, durante os meses de fevereiro e março, o laboratório do HNSC estará disponibilizando um pacote de 5 exames por apenas R$ 55,00. São eles: HIV, VDRL (sífilis), Herpes, Hepatite B e Hepatite C. A campanha visa estimular os cidadãos a fazerem o diagnóstico de DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis antes e depois do carnaval, período em que, tradicionalmente, os índices dessas infecções aumentam. Para realizar os exames não é preciso pedido médico e estar em jejum e os interessados devem se dirigirem ao laboratório do HNSC, na rua do Cruzeiro, 68, Nossa Senhora das Graças. O horário de atendimento é de 2ª à 6ª feira, das 6H30 às 17H, e aos sábados, entre 7H e 11H. Mais informações pelo telefone 3233-5423. Assim que o paciente receber os resultados dos exames, a orientação é que ele procure um médico de sua confiança para fazer a leitura correta do diagnóstico. A reportagem GP conversou com a biomédica responsável pelo laboratório do HNSC, Cristiana Bebiana. Veja.

“Algumas DST’s não apresentam sintomas e se não forem diagnosticadas e tratadas precocemente podem causar graves complicações. Isso faz com que o paciente demore a procurar uma unidade de saúde e esse tratamento fica bem mais caro para o governo. Lembrando que só o médicoestá capacitado a interpretar esse resultado, avaliar corretamente o resultado para que o paciente não tenha dúvida e até mesmo para encaminhar o paciente para tratamento, caso o exame dê positivo,” ressalta Cristiana.

Mais da Gazeta