Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Coronavírus

COMÉRCIO PATAFUFO FECHADO, ATÉ 2ª ORDEM

A prefeitura publicou no dia 30 de março o decreto no 11.057/20, estabelecendo que, a partir desta data, o município adotará integralmente as deliberações do Comitê Extraordinário Covid-19 do Estado de Minas Gerais, que norteia as decisões administrativas de âmbito estadual. Ou seja, não mais por apenas 10 dias, como queria o prefeito, segundo decreto publicado por ele, em 21 de março. Ao justificar essa nova decisão, o prefeito Elias Diniz declarou para a reportagem GP que a medida é uma forma de garantir a eficácia das providências de contenção do avanço da epidemia do coronavírus (Covid-19) em nosso Estado, uniformizando as providências e medidas já implementadas pelo Poder Executivo Estadual. Com essa publicação, o comércio lojista de Pará de Minas continuará fechado, assim como as demais atividades constantes no decreto estadual, em vigência desde o último dia 23 de março. Até o fechamento desta edição, o governo estadual não tinha definido ainda a data de retorno dos mesmos. Procurado pela reportagem GP, o procurador geral do município, Hernando Fernandes da Silva, reafirmou que a prefeitura está atenta às publicações do Estado e da União e que, tão logo haja alguma alteração nas deliberações, Pará de Minas fará outros decretos ou mesmo rescindirá o atual, caso haja necessidade.

Mais da Gazeta