Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Coronavírus

TESTES RÁPIDOS CHEGAM A PARÁ DE MINAS

Pará de Minas recebeu os testes rápidos e não precisará mais sofrer com a espera daqueles testes que demoravam dias para ficarem prontos. A resposta que demorava agora ficará pronta em 72H. Mas nem todos farão o teste, somente aqueles casos mais graves, tendo em visto que não há teste todos que apresentarem sintomas. A reportagem GP conversou com o secretário de saúde, Wagner Magesty. Confira.

“Muitos desses casos suspeitos, a grande maioria inclusive já saiu da quarentena. O teste rápido será feito nesses casos mais graves. Lógico que sabemos que o ideal seria um teste maciço, para controlarmos melhor essa quarentena e esse isolamento, mas infelizmente isso não é possível. Entendemos que quanto mais testes são feitos, melhor temos a realidade da situação,” explica Wagner.

LEITOS DISPONÍVEIS - “Na Upa – Unidade de Pronto Atendimento, na sala vermelha, nós temos 2 leitos ocupados, de 5 disponíveis. Se o HNSC precisar fazendo atendimento com respiradores, temos 12. A estratégia que estamos montando é que manteremos a Unidade Sentinela no antigo PA, teremos os leitos de retaguarda e também o que podemos garantir é que lá também teremos leitos com respiradores, pois será um 1° atendimento até que haja transferência, pois pode ser que o HNSC – Hospital Nossa Senhora da Conceição não tenha mais vaga, o que não queremos que aconteça. Então teremos a Unidade Sentinela, o HNSC, com 30 leitos de respiradores e mais 17 leitos que serão disponibilizados pelo hospital de Nova Serrana/MG.”

Mais da Gazeta