Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Prefeitura

ANTIGA REIVINDICAÇÃO ATENDIDA

A prefeitura conseguiu atender a um pedido antigo de profissionais da educação, que eram enquadrados nos cargos de babá e monitor escolares. Agora, os servidores que exercem essas funções e que têm os requisitos mínimos de habilitação, foram reenquadrados como Paeb - Professores Auxiliares de Educação Básica. A jornada de trabalho e os salários já haviam sido equiparados em 2019 e agora foi a vez da nomenclatura. Portanto, os profissionais antes chamados de babá e monitor escolar agora são considerados Paeb. O projeto de lei de autoria da prefeitura foi aprovado pelos vereadores em reunião realizada no dia 15 de abril. A reportagem GP conversou com a secretária de educação, Marluce Souza. Veja.

“Há muitos anos, as profissionais buscavam essa conquista. Elas me procuraram e entendemos que as funções de babá e monitor não existem mais e que elas se enquadrariam no cargo de Paeb, que tem carga horária menor e a possibilidade de ampliarem suas jornadas. Então, com esse projeto de lei que fizemos, diminuímos a carga horária para 25H semanais e mudamos a nomenclatura para quem tem habilitação, passando para Paeb”, explica Marluce.

Mais da Gazeta