Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Giro Policial

MILITAR ATROPELADO, QUANDO FAZIA B O

Um militar foi atropelado, durante registro de uma ocorrência de trânsito, na rua Antônio Carlos, no São Cristóvão. Tudo aconteceu, quando uma equipe da PM realizava o atendimento de uma ocorrência de acidente de trânsito, em que um homem, 25, bateu seu carro contra um poste de energia. Foi constatado que o motorista também estava com sintomas de embriaguez alcoólica, além de ser inabilitado para conduzir veículos automotores. Enquanto os militares tomavam as providências de praxe no local do acidente, que estava corretamente sinalizado, passou pelo local uma mulher, 43, transitando em um carro, em aparente alta velocidade, descendo pela via, no sentido bairro/centro. O carro foi em direção ao outro carro e a um dos militares, que teve que saltar, apoiado em um obstáculo próximo, diminuindo o impacto do carro. O militar foi conduzido ao HNSC - Hospital Nossa Senhora da Conceição, apresentando escoriações e inchaço no cotovelo, sentindo ainda dores na coxa. A motorista fugiu do local, sem prestar socorro. Porém, outra equipe de policiais a encontrou em sua casa, na avenida Santos Dumont, escondida no banco traseiro do carro, estacionado em sua garagem. Ela estava com fortes sintomas de embriaguez alcoólica e admitiu ter consumido 5 latões de cerveja, mas se recusou a passar pelo teste do bafômetro. Ela não apresentou sua CNH - Carteira Nacional de Habilitação. Os veículos foram apreendidos e os condutores, presos e conduzidos à delegacia, onde receberam multas de trânsito.

Mais da Gazeta