Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Notícias

GRITO POPULAR
Entre outras queixas dos leitores GP leia: Grite para criticar e grite também, para elogiar

VEJA NA EDIÇÃO 1842: NAS BANCAS DE 20/11 A 26/11. DEPOIS, SÓ NA GAZETA. Veja também outras queixas da edição anterior abaixo.

ACADEMIA SEM HORÁRIOS PARA ALUNOS?

“Malho em uma academia da cidade que, após a liberação das aulas, por causa dessa pandemia sem fim, disse que marcaria os horários, diariamente, pelo whatsApp ou telefonema, para os alunos que a frequentam, com limite de 20 por vez. Aí, comecei a tentar marcar os meus horários, sempre um dia antes, mas, até hoje, não consegui encontrar uma vaga sequer, no horário que dá pra mim, pois trabalho o dia inteiro. Quando consigo, me colocam em qualquer horário, mas quase sempre não consigo horário nenhum. Uai, pago a mensalidade certinha, todo mês, sem atraso e vou ficar nessa, raramente conseguindo malhar no horário que eu posso? Para falar a verdade, só não saí de lá ainda, porque pago, por meio do plano anual e, se eu cancelar, terei de pagar uma multa alta. Gostaria, então, de sugerir para o dono de lá que ele fixasse os horários de cada aluno, para evitar todo esse estresse. Outras academias da cidade já estão trabalhando com horários fixos e se o aluno não for paga pelo horário. Ou seja, isso é bom também para a própria academia. E digo mais: lá tem outros clientes insatisfeitos, exatamente como eu...”

NOTA DA REDAÇÃO – Contatada, veja o que disse André Magalhães, responsável pela academia Perfil.

“Hoje, realmente, estamos passando por dificuldades, exatamente como os restaurantes, barzinhos, bancos, etc.. (...) Porém, a limitação de espaço decretada pela prefeitura em uma academia é muito maior que nesses outros estabelecimentos. A sugestão passada pelo(a) cliente para marcação de horários fixos não é interessante para as academias que têm um grande fluxo de pessoas, como a nossa. Contamos com mais de 500 alunos ativos e, se fossemos marcar horários fixos para a semana, todos os alunos viriam semana sim e semana não, pois só conseguiríamos atender 320 alunos. Afinal, só podemos ter aqui 20 alunos por hora e só temos 16H de trabalho por dia. Vale ressaltar ainda que a maioria dos nossos alunos querem vir todos os dias da semana. A sugestão desse(a) cliente daria certo, se nosso espaço fosse muito amplo, mas não é. Portanto, essa foi a melhor forma que encontramos para atender o máximo de alunos possível. Porém, liberamos o trancamento gratuito da continuidade do pagamento para os alunos que não estão conseguindo horários ou não querem retornar, devido à pandemia. Pedimos desculpas pelo transtorno e esperamos que o(a) cliente entenda um pouco o nosso lado, pois essa situação está difícil pra todo mundo,” afirma André.

Mais da Gazeta