Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Notícias Variadas

TODO MUNDO RALANDO NO CARNAVAL


O comércio de Pará de Minas funcionará normalmente durante o período de carnaval, de 13 a 16 de fevereiro (exceto domingo). A informação foi oficializada com a assinatura do Termo de Compromisso e Responsabilidade entre Ascipam, CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas e o Sindicato dos Empregados do Comércio de Pará de Minas. O acordo foi viabilizado pelas entidades, diante da decisão da prefeitura de suspender o ponto facultativo do período. A medida tem como objetivo desestimular viagens e a ocorrência de eventos que possam gerar aglomerações e provocar o aumento de infecções pelo coronavírus. Ao contrário do que muitos acreditam, a 2ª feira de carnaval nunca foi considerada feriado. O comércio mantinha as portas fechadas, em função do acordo firmado entre as entidades de classe. O calendário nacional dedica o 30 de outubro ao Dia do Comerciário e, para que todos aproveitassem a folga de uma só vez e sem prejuízos para o comércio, chegou-se ao consenso de que a 2ª feira de carnaval seria ideal para o feriado, porque, associada ao ponto facultativo da 3ª feira de Cinzas, os trabalhadores poderiam desfrutar de um descanso prolongado. Mas em tempos de pandemia, essa normal e tradicional farra brasileira caiu por terra. O Termo de Compromisso, firmado em Pará de Minas, transfere tal folga para a eventualidade de um carnaval ser realizado no próximo mês de julho. Caso ele não aconteça, o descanso será oferecido no próprio dia 30 de outubro. O governo estadual também decidiu não conceder ponto facultativo nos dias de carnaval. Com isso, os servidores estaduais não terão recesso e nem folga. E pelo visto haverá efeito cascata, já que a AMM - Associação Mineira de Municípios divulgou comunicado orientando os prefeitos a não decretarem também ponto facultativo no carnaval. 



Mais da Gazeta