Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Notícias Coronavírus

COMITÊ SE REÚNE E DECIDE MANTER AS MESMAS FLEXIBILIZAÇÕES


Na tarde de ontem, 5ª feira, 18, o Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus de Pará de Minas se reuniu de forma virtual para discutir possíveis mudanças nas regras de flexibilização para o funcionamento do comércio e outros estabelecimentos do município. A reportagem GP conversou com o procurador geral do município, Hernando Fernandes. Acompanhe.

“Nesta reunião foi discutido inúmeros assuntos, dentre eles, a situação da saúde de Pará de Minas em relação a covid, a preocupação quanto ao número de pessoas que estão vindo de fora e sendo internadas no CTI local e também quanto a volta às aulas. Primeiramente, quanto ao decreto, ficou deliberado pelo comitê que por enquanto não haverá mais flexibilizações. Editamos novo decreto com o mesmo conteúdo do decreto 11.446. As mesmas flexibilizações que havia no decreto anterior, terá também no novo decreto. Quanto a volta às aulas, o comitê estudou e está analisando esta situação de forma cautelosa. 1° foi construída uma comissão para a constituição do protocolo oficial do município, depois da constituição desse protocolo será analisado pela educação, saúde e assistência social, e por fim, pelo comitê. Aí sim o comitê poderá deliberar quando iniciará as aulas presenciais em Pará de Minas. Só iremos deliberar pela volta as aulas quando tivermos realmente condições de atender todas as exigências legadas. Por isso, faz-se necessário um protocolo oficial para o município,” afirma Hernando.


Mais da Gazeta