Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1923
Pará de Minas 24/06/2022


exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

ATÉ AQUI,FATALIDADE ASSIM SÓ ERA VISTA NO FILME PREMONIÇÃO

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

VERA LÚCIA SENA VALADARES
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal é informação e entretenimento, com qualidade e confiabilidade!”
VINÍCIUS PEREIRA DOURADO, médico cardiologista

Eventos GP

268ª MOSTRA GP: DESENHOS DE ALEX GOMES

A reportagem GP conversou, desta vez, com o estudante e desenhista Alex Junio Gomes Marcolino, 20, convidado para expor seus DESENHOS na 268ª MOSTRA GP, nos meses de março e abril, na sede da GAZETA que fica na rua Alferes Esteves, 54, Centro.  Vendo seus desenhos, fica difícil acreditar que foram feitos por um adolescente. A reportagem GP conversou com ele. Veja.

“Comecei a desenhar no começo de 2015 e, depois do 1° desenho, nunca mais parei. Quando mais novo, sempre fui de desenhar, mas nunca algo recorrente. Com 15 anos, eu pensei em começar a desenhar com frequência, e me veio na cabeça quadricular alguma imagem e, assim, ela se tornaria mais fácil de se reproduzir no papel. Desde os 1°s desenhos, encarei o desafio; era uma meta ficar, cada vez melhor, e provar a mim mesmo que eu conseguia replicar algo a ponto de, algum dia, se parecer com uma foto. Um ano depois, procurei uma professora de desenho da cidade, para aprender a fazer desenho colorido. Ela me disse que eu não precisava de aula alguma e elogiou o que eu fazia. Mais tarde, troquei os materiais e consegui o desenho colorido. Mais pra frente, coloquei um desenho que fiz de God of War em um grupo do facebook e a publicação chegou ao diretor do jogo, Cory Barlog, no twitter. A Faber Castell já compartilhou um desenho meu e o meu último desenho de 2020 está indo para o Arizona/EUA. O 1° desenho que fiz foi o Nathan Drake, de um game chamado Uncharted. Foi ainda no meu caderno de arte da escola e, um ano depois, refiz a mesma imagem e a diferença é enorme, mesmo que o tempo entre elas seja pequeno. O mais complicado é achar tempo para desenhar continuamente e ter paciência. Desenho colorido é mais difícil que desenho a grafite, mas se esse for o objetivo, leva mais tempo. Se desenhar com frequência, os olhos se acostumam até com as cores dos lápis. Sempre acompanhei uma artista que se chama Heather Rooney e sempre busco me igualar ao nível dela. Na maioria das vezes, desenho rostos, principalmente, de super-heróis e personagens de games. Encontrar boas imagens ali é mais fácil. Sou conhecido como o Garoto Que Desenha e sempre sou elogiado, até por desconhecidos. É algo que chama bastante atenção, principalmente nas redes sociais. Meus desenhos são realistas e a maioria dos, que faço são coloridos. Curto mais esse estilo, creio que por ser mais difícil, mas as pessoas sempre pedem desenho feito a grafite. Desenho mais por hobby e como não divulgo muito os meus desenhos, tenho pouco encomenda, geralmente feita por pessoas conhecidas,” avalia  Alex.

* Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho do Alex pode seguir no instagram @alexjunioxd ou entrar em contato pelo 9 9818-8561.


O desenhista Alex Gomes: “Um desenho meu já chegou no diretor do God of War, Cory Barlog. A Faber Castell já compartilhou um desenho meu e o meu último desenho de 2020 está indo para o Arizona/EUA”

Mais da Gazeta