Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Prefeitura

HORA DE VACINAR, DE NOVO, CONTRA A GRIPE


O Ministério da Saúde, bem as secretarias estaduais e municipais desse setor, começaram na última 2ª feira, 12, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. A imunização está sendo feita aos públicos prioritários. Além de evitar complicações decorrentes da doença, causada pelo vírus, a imunização ganha outra importância, como evitar a sobrecarga nos sistemas de saúde, neste momento, quando diversos estados estão com os leitos de UTI lotados e imensas filas de espera, em função da pandemia. O público estimado pelo ministério é de 79,7 milhões de pessoas e o objetivo é vacinar pelo menos 9 em cada 10 pessoas dos grupos prioritários, que receberão a vacinação em 3 etapas. Os dias de mobilização, chamados de Dia D, serão definidos em cada município pela secretaria de saúde local. Pará de Minas receberá as doses de vacinas gradativamente, de acordo com o público que for vacinando. Para esta semana (dos dias 12 a 16), a secretaria de saúde recebeu 28% dos imunizantes, para dar início à campanha. Mas atenção: tem de levar o cartão de vacinação.

FASES - * Na 1ª fase de vacinação, que vai até o dia 10 de maio, estão sendo vacinadas crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes, puérperas (mães que deram à luz, recentemente) e trabalhadores da saúde; * Na 2ª fase, de 11 de maio a 8 de junho, serão vacinados idosos com mais de 60 anos e professores; e * na 3ª fase, de 9 de junho a 9 de julho, pessoas com comorbidades, deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade, adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

* A vacina está disponível em todas as UBSs - Unidades Básicas de Saúde, de 2ª a 6ª feira, das 7H30 às 15H30.


Mais da Gazeta