Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Variadas

A VOZ DA CIDADE NO PROJETO RECOMEÇA MINAS


Pará de Minas teve a oportunidade de contribuir com as sugestões empresariais que estão sendo coletadas pela ALMG - Assembleia Legislativa para a criação do Projeto de Lei 2.442/21, que dará condições de retomada aos setores altamente atingidos pelos graves efeitos econômicos e sociais da pandemia. O virtual encontro regional que possibilitou os debates no Centro-Oeste mineiro contou com representantes do Legislativo estadual, prefeitos e entidades diretamente ligadas ao cenário econômico, como a Ascipam. Ao longo das quase 3 horas do encontro, cujo projeto que recebeu o nome de Recomeça Minas, todos os participantes fizeram explanações sobre a realidade de seus municípios e apresentaram vasta pauta de reivindicações. A redução drástica da atividade econômica e o aumento do desemprego, como foram bem definidos pela Ascipam, exigem apoio imediato do poder público, em todas as esferas. Diante disso, a comissão patafufa, representada pelo prefeito Elias Diniz, o deputado Inácio Franco, o presidente da CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas, Nilton Ferreira, e o presidente, diretores, associados e consultores da Ascipam, Milton Guimarães, Ralph Perrupato, Evandro de Oliveira Silva, Rosilene Melo Silva, Guilherme Cassini Júnior e José Luiz Ricardo sugeriu a prorrogação do prazo de pagamento de ICMS para empresas que apuram o imposto por Débito x Crédito, implementação do Programa Especial de Parcelamento de Crédito Tributário, criação de uma linha de crédito, por meio do BDMG  - Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, com juros subsidiados e revisão da política tributária em relação à recomposição da alíquota a título de antecipação, nas compras em outros estados. Inclui também a revisão na política de tributação dos combustíveis e das alíquotas internas de maneira geral, assim como da alíquota ou até mesmo isenção nos medicamentos usados no tratamento pós-covid e medicamentos contínuos. Outros enfoques da entidade foram dados na necessidade da adoção de medidas de incentivo ao agronegócio e de setores específicos da cadeia econômica, além da agilização do licenciamento ambiental.


Mais da Gazeta