Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1930
Pará de Minas 12/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Credibilidade e imparcialidade em jornalismo é com a GAZETA!”
GABRIEL JOSÉ BARBOSA PALOTTI, administrador e Garra Profissional 2021 no agronegócio

Notícias Variadas

VALE PRETENDE CONSTRUIR OBSERVATÓRIO, EM POMPÉU


A cidadania pode ficar mais forte no município de Pompéu/MG, localizado na microrregião de Três Marias. É lá que a mineradora Vale sugeriu a construção a sede de uma unidade do OSB - Observatório Social do Brasil, como parte da reparação dos danos provocados em decorrência do rompimento de uma barragem de rejeitos em Brumadinho/MG, em janeiro de 2019. A notícia chegou a Pará de Minas por meio da vereadora Lunna, mais conhecida naquela cidade como Titia Chiba. Acompanhada de uma assessora e uma apoiadora ela visitou a sede do OSB local e relatou o caso. Lunna informou que a indicação da Vale se deve ao reconhecimento da empresa sobre a grande atuação do observatório no Brasil, por meio das inúmeras nucleações instaladas nos municípios. Na visão da mineradora, o OSB contribui muito para a educação cidadã, daí a sugestão para a instalação de uma unidade em Pompéu. A vereadora foi franca ao dizer que pouco conhecia sobre a entidade, mas na medida em que iniciou uma pesquisa se interessou bastante, tendo em vista a relevância do Sistema OSB no monitoramento das contas públicas. Disse também que optou por conhecer o observatório de Pará de Minas diante da trajetória da entidade que, além de defender os interesses da sociedade, tem papel relevante na representação da coletividade. As visitantes foram recebidas pelo presidente Carlos Daniel de Souza e o conselheiro Zuza, que repassaram boas informações e deram ênfase à necessidade do OSB de Pompéu nascer de um grupo totalmente apartidário, conforme determina o estatuto da entidade.


Mais da Gazeta