Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Prefeitura

OBSERVATÓRIO CONTINUA DE OLHO 


Saiu o relatório de atividades do OSB local - Observatório Social do Brasil, referente ao 1° quadrimestre de 2021. O documento apresenta as ações do observatório, tanto no que diz respeito à prefeitura como à câmara. * Sobre a prefeitura, o levantamento mostra o olhar atencioso às licitações públicas realizadas no período, assim como as sugestões apresentadas pelo OSB, para que o município saia da péssima posição do ranking nacional de transparência, divulgado pela CGU - Controladoria Geral da União. Do total de 691 entes avaliados, Pará de Minas ficou em 561º lugar, obtendo pontuação de 4,9, conforme já noticiado por esta GAZETA. Outros destaques do relatório estão nos esclarecimentos da aplicação de recursos de enfrentamento à covid-19, assim como no monitoramento do ribeirão Paciência, serviços de limpeza urbana e o convite da comunidade de Meireles para que o OSB dê apoio técnico aos processos de licitação, execução e controle das obras que serão executadas pela mineradora Vale. * Já em relação à câmara, o balanço do quadrimestre mostra o acompanhamento das despesas do Legislativo, a perda de força até a extinção da verba indenizatória e a produção de serviços prestados pelos vereadores, no tocante aos projetos de lei, requerimentos e outros. O OSB também mostra a avaliação sobre o Portal da Transparência, assim como o envio ao Ministério Público de novas informações sobre a contratação da câmara, no ano passado, de consultoria e assessoria na área do direito público, uma vez que a própria câmara possui profissionais que conhecem bem o assunto e, juntos, têm remuneração superior a R$ 20 mil mensais.


Mais da Gazeta