Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1930
Pará de Minas 12/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Credibilidade e imparcialidade em jornalismo é com a GAZETA!”
GABRIEL JOSÉ BARBOSA PALOTTI, administrador e Garra Profissional 2021 no agronegócio

Notícias Variadas

QUE NOTA VOCÊ DARIA PARA O HOSPITAL LOCAL? 


No último dia 2, foi comemorado o Dia do Hospital, data especial para todos os hospitais do país. O intuito dessa data é homenagear as instituições e profissionais que trabalham na área de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos, radiologistas, terapeutas, psicólogos, nutricionistas, gestores, recepcionistas, etc.). Serve para lembrar o quanto as Casas de Saúde são importantes para a sociedade brasileira, mesmo que ainda não tenham uma estrutura ideal para o atendimento a milhares de brasileiros. O Dia do Hospital surgiu em homenagem a data de fundação do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Santos, no estado de São Paulo, em 1945, considerado um dos maiores do Brasil. Ao longo dos séculos, foram sendo reconstruídos e inaugurados vários conjuntos nesse hospital, mas apenas aquele inaugurado pelo, então presidente, Getúlio Vargas, existe até hoje.

136 ANOS - Enquanto isso, em Pará de Minas, no ano 1885, há exatos 136 anos, num antigo sobrado da praça Padre José Pereira Coelho, nascia o HNSC que, desde os s anos mostrou sua importância, não só para este município, mas para toda a região. Muitas transformações aconteceram, desde então, mas o hospital nunca perdeu o seu compromisso social. Hoje, a instituição se orgulha de contar com mais de 35 setores, entre serviços à população e departamentos administrativos, 144 leitos disponíveis para atendimento e mais de 500 colaboradores. Ao longo dos 12 meses do ano passado, foram 373.681 mil atendimentos, com média de mais de 31 mil atendimentos mensais, em 15 áreas, como Pronto-Socorro, Internações, Raio-X, Atendimento Psicológico, Exames Laboratoriais, Ultrassom, Hemodiálise, Cirurgia, dentre outros. De acordo com a última Pesquisa de Satisfação e Qualidade anual, todos os 11 setores e serviços avaliados superaram o índice de 90% de aprovação.


Mais da Gazeta