Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias Variadas

FIÉIS SE EMOCIONAM COM REABERTURA DA CAPELA


Após ficar fechada durante um ano e três meses, a capela de Nossa Senhora da Conceição, instalada na lateral direita da fachada do HNSC - Hospital Nossa Senhora da Conceição, voltou a abrir as suas portas aos fiéis. O fechamento se deu, em função da pandemia da covid-19, que exigiu distanciamento social e um cuidado especial com o espaço, que dá acesso à área interna desse hospital regional. A reabertura foi silenciosa, mas a força da oração logo se propagou e, diariamente, a presença popular tem só aumentado. Os fiéis têm chegado em diferentes horários, cumprindo, claro, as medidas sanitárias. Depoimentos emocionantes colhidos pela reportagem GP expressam como a religiosidade tem ajudado a comunidade a enfrentar esses momentos tão difíceis, não só aqui, mas no país inteiro e no mundo. A dona de casa Maria Inês Ferreira, por exemplo, disse que encontrou paz nas orações que fez ali, pelo marido hospitalizado. Já o trabalhador Ricardo Alves tem frequentado a capelinha, todo dia, e está agradecido por isso. Para a estudante Letícia Silveira, a reabertura da capela aproxima as pessoas da Virgem da Conceição, devido à localização de fácil acesso.

* O horário de visitas à capela é das 7 às 17H, diariamente. Já a celebração de missas passou a ser quinzenal, com datas determinadas pelos celebrantes.


Mais da Gazeta