Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Giro Policial

MORTO A TIROS, PAULADAS OU PEDRADAS


Um jovem foi morto a tiros na Vila Nossa Senhora Aparecida, na rua de mesmo nome. Os militares foram até o local verificar informações de que moradores tinham escutado cerca de sete estampidos de arma de fogo. Ao chegarem lá, se depararam com o corpo de um homem, 19, morto, com várias perfurações. O homem foi reconhecido pela proprietária do imóvel usado por ele e familiares. O local foi isolado e a perícia fez seus trabalhos de praxe. Também foram encontrados ferimentos de pauladas ou pedradas na cabeça da vítima. Segundo populares, eles escutaram os estampidos, ele gritando por socorro e um voz masculina dizendo:

- Não falei que ia te matar?

Entretanto, não viram o criminoso. A vítima possuía passagens policiais anteriores e era suspeito de autoria ou participação em um homicídio. Os militares fizeram rastreamento, mas até o momento, nenhum suspeito foi encontrado. 


Mais da Gazeta