Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Giro Policial

ORGANIZAM VIAGEM PARA FESTA, MAS SE DÃO MAL


A PM apreendeu na avenida Professor Mello Cançado, São José, dezessete buchas e um cigarro de maconha, um papelote de cocaína, doze comprimidos de Ecstasy, nove frascos de solventes/respingos de solda, geralmente usados como droga, uma réplica de pistola e R$ 569,00. Na ação, foi preso um foragido da justiça, 49, e apreendidos três adolescentes, dois, de 16 e um, de 17. Os militares receberam denúncias de que os três adolescentes tinham fretado um micro-ônibus, para levar um grupo de pessoas para uma festa (rave), em Igaratinga/MG, e que eles levariam drogas para serem vendidas no trajeto e também no evento. Foi articulada uma operação para verificar as denúncias, sendo o micro-ônibus encontrado e abordado. Durante buscas no veículo, no chão, próximo aos três adolescentes, foram encontradas as drogas e demais materiais. De acordo com a PM, um dos adolescentes, 16, assumiu a propriedade da réplica de pistola. Os militares apuraram no local que o outro menor. da mesma idade, havia fretado o micro-ônibus com destino à festa e estava cobrando o valor de R$ 20,00 por passageiro e que ele permitiu também o consumo de bebidas alcoólicas e drogas no veículo. Foi constatado que havia mandado de prisão, por condenação de crime, contra o condutor do micro-ônibus. 


Mais da Gazeta