Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Variadas

CIDADE GANHA PRÊMIO ESCOLA TRANSFORMAÇÃO


A Escola Estadual Torquato de Almeida foi uma das trezentas unidades de ensino do Estado a receber o prêmio Escola Transformação. A escola se destacou na categoria menção honrosa, que faz parte da primeira etapa de três edições do prêmio Escola Transformação. A premiação busca reconhecer o processo de evolução da qualidade de ensino em todo o Estado. A reportagem GP conversou com a diretora da escola, Fabiana Moreira. Veja.

“Esse prêmio Escola Transformação foi colocado pelo Governo do Estado de Minas Gerais e Secretaria de Educação neste ano e o objetivo dele é reconhecer publicamente as práticas e experiências das unidades escolares no processo de melhoria da qualidade do ensino. Ele é destinado às escolas que ofertam etapas de ensino regular. Esse prêmio é dividido em três edições, sendo que premiará até novecentas escolas e destinará até noventa milhões de reais às unidades de ensino. Cada escola poderá receber de cem mil a novecentos mil reais por edição. Essa primeira edição a escola conseguiu ser contemplada, recebendo uma menção honrosa, que será até para trezentas escolas, as que tiverem obtido as melhores médias entre a taxa de participação dos estudantes na primeira avaliação diagnóstica, e o índice de atualização pelos professores da plataforma online indicada pela secretaria de educação,” conta Fabiana.

COMO FOI ESSE PRÊMIO? - “Nessa primeira edição a escola recebe a menção honrosa. Os valores serão na segunda e terceira edição. Todas as escolas tiveram a oportunidade de estar participando e tiveram que contar com a participação tanto dos estudantes, quanto da família, que foram fundamentais, além dos professores que acessam a plataforma todos os dias. A família teria que fazer com os filhos, em casa, as avaliações diagnósticas, trimestrais, então quanto mais as crianças usassem o aplicativo para fazer essas avaliações, mais a escola ganhava com isso. Nós ainda temos a segunda e terceira edição e com certeza a escola continuará nessa linha de trabalho e as famílias, para que consigamos alcançar a segunda edição e também a terceira.”


Mais da Gazeta