Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Deputados

DEPUTADO É ELEITO 1º VICE-PRESIDENTE DE COMISSÃO ESPECIAL

O deputado federal Eduardo Barbosa foi eleito 1º Vice-Presidente da Comissão Especial destinada a proferir parecer a P E C - Proposta de Emenda à Constituição nº 383/17, que altera a Constituição Federal para garantir recursos mínimos para o financiamento do S U A S - Sistema Único de Assistência Social. Na reunião, também foram eleitos a presidente da comissão, a deputada federal Carmen Zanotto (CIDADANIA-SC), o 2º Vice-Presidente, deputado federal Jorge Solla (PT-BA), e o 3º Vice-Presidente, deputado federal Francisco Jr (PSD-GO). O deputado André Figueiredo (PDT-CE) será o relator. A P E C 383/17 prevê que a União aplicará, anualmente, nunca menos de 1 da receita corrente líquida do respectivo exercício financeiro no financiamento do S U A S. Eduardo Barbosa salientou que o debate da Comissão Especial vai alcançar uma lógica distinta do que temos até então.

P E C 431/2001 - Eduardo Barbosa ainda ressaltou que a luta pela vinculação constitucional de recursos para a Assistência Social é antiga. O deputado é o autor da P E C nº 431/2001, que destina 5% dos recursos do Orçamento da União Federal, Estados, DF e Municípios para custeio da Assistência Social, já aprovada por comissão especial constituída para analisá-la, mas que nunca foi pautada no plenário.

TRAMITAÇÃO - A P E C já passou pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, onde teve a admissibilidade aprovada. Depois de ser analisada pela comissão especial, a proposta seguirá para o plenário, onde precisará ser votada em dois turnos.


Mais da Gazeta