Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Notícias Variadas

GRITO POPULAR

O excesso de infrações de trânsito cometidas por motoristas lotados na secretaria de saúde levou o O S B local - Observatório Social do Brasil a encaminhar ofício ao titular da pasta, Wagner Magesty, solicitando informações a respeito. O levantamento feito pelo O S B se deu a partir de informações publicadas no Portal da Transparência, onde constam os valores e as respectivas causas. Chamaram atenção, principalmente, as infrações por avanço de sinal de vermelho, ausência de luz baixa na rodovia e a permanência do veículo na faixa exclusiva de transporte coletivo. Outro caso evidenciado na análise foi o do motorista que evadiu de uma praça de pedágio, sem efetuar o pagamento obrigatório da taxa. Diante desses fatos, o observatório fez várias indagações à secretaria. A entidade quer saber, por exemplo, de que maneira é feito o controle do servidor responsável por cada veículo. O O S B também perguntou se é tomada alguma medida com relação ao servidor que comete infração de trânsito. O objetivo da solicitação também é apurar se os motoristas passam por treinamentos sobre a conduta que devem ter diante do transporte da saúde, que exige alto nível de qualificação, para segurança dos pacientes e dos próprios condutores. A questão dos prejuízos financeiros também deve ser levada em consideração, principalmente a natureza da maioria das infrações. Agora, o observatório aguarda manifestação do secretário.


Mais da Gazeta