Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Gozacao Pura

TOMARA QUE A BLOGUEIRA E SUA FAMÍLIA VIREM JACARÉS!

Euzinha estou chocadérrima com o que passa nas cabeças de algumas pessoas... Jesuuus!!! Prepare-se para a BOMBA da semana: tem uma blogueira na terrinha, no meio de trocentas outras por aí, que vive aprontando, mas desta vez foi longe demais! Pra você entender, a criança é bolsonarista doente e, como o presidente Jair, não apoia a ideia dos brasileiros tomarem a vacina contra o coronavírus. Claro que ao fazer campanhas desse tipo, tem perdido amigos e até seguidores, mas a dita cuja não está nem aí, apesar dela ter virado prato cheio em todas as rodas, de forma negativa, claro. Achei ridículo, quando ela postou em seu instagram que ela se recusou a tomar as doses da vacina, juntamente com todos as pessoas de sua família. Como se não bastasse esse absurdo, ainda fala para os seus milhares de seguidores não tomarem também. Torço horrores para ela e toda a sua família virarem jacarés. Rsrsrs. Mas o pior vem agora: a criatura anunciou que irá passar o réveillon em Divinópolis/MG, em uma festa fechada, onde é exigido comprovação de ter sido vacinado, como dita as normas de não propagação do terrível vírus. Adivinha agora o que a menina fez: enviou uma mensagem para uma agente de um posto de saúde local, por sinal miiiga minha, perguntando se ela não conseguiria um cartão de vacina falso, para ela poder entrar na festa. BUUUMMM!!! Dá pra acreditar nesse crime? Deus me livre de gente assim, com a cabeça tão pequetita!!!

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR - Será que se ela tivesse perdido algum parente querido, por covid-19, como tantos perderam, agiria de forma tão irresponsável assim?

ATÉ BREVE! E DE LEVE...

Você não sabe quem sou eu, mas euzinha sei tudo sobre você!

(*) Colaborador que só escreve fake news (notícias falsas).


Mais da Gazeta