Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 37 - Nº 1900
Pará de Minas 13/01/2022


exclusivo

EDUCAÇÃO EM PAUTA

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

PATAFUFO BRILHA NA LISTA UNDER 30, DA REVISTA AMERICANA FORBES

exclusivo

VAI PARA MARAVILHAS O PRÊMIO DE R$ 50 MIL DA PROMOÇÃO COMPRA DA SORTE

exclusivo

“ETIQUETA DA GRIPE” É FUNDAMENTAL PARA EVITAR NOVOS CONTÁGIOS

exclusivo

QUEM FOI

JOÃO THEODORO ESTEVES?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Em meio a sinos e teares, o GP Jornal segue informando, há 38 anos, com exatidão e valorizando a cultura pará-minense!”
MARCOS FRANCISCO MARQUES, professor e diretor escolar

Colunista

GENTE PENSANTE

COMPRE A GAZETA NAS BANCAS: * PADARIAS: BARIRI, CAFÉ COM LEITE e FRANÇA; * BANCAS: MARIA JOSÉ (EE Governador Valadares) e FRANCISCO (ao lado do Santander); * STOP SHOP, etc..

Veja também a crônica deste mesmo colunista da edição 1899 abaixo: 

OS OBJETOS DE UMA CASA REVELAM A ALMA DE SEU DONO?

Quando a arquiteta de visual diferenciado, criado por ela mesma, chegou naquela casa do interior, depois de oitenta quilômetros de estrada, falou para a sua atenta estagiária:

- Enfim, chegamos! Vamos ver o que nos espera.

Bateu o interfone e uma voz feminina a saldou com alegria:

- Nossa, que pontualidade britânica. Bem-vinda!

Já dentro da casa, a dona da voz feminina apresentou-se e, em seguida, o marido, que adiantou a prosa:

- Estamos juntos há trinta anos e queremos fazer uma reforma na sala. Porém, como temos opiniões diferentes sobre quase tudo, o seu caminho aqui será árduo (riso).

A moderna arquiteta ponderou, parecendo falar para ela mesma:

- Que bom que não será a opinião de um sobrepondo a, do outro. É legal ver um casal assim; que o tempo passou e nenhum esmagou o outro... A relação de vocês, me parece, vibrante!

Nessa hora, falou a esposa:

- Temos, realmente, opiniões bem distintas, mas temos um forte ponto em comum: gostamos da natureza e amamos ter tido os nossos filhos, nossa maior riqueza!

Os quatro se dirigiram para o cômodo da casa que seria reformado e o casal percebeu como a sensível arquiteta a tudo observava. Na sala, com inúmeras fotos, emolduradas ou em porta-retratos, ela parou e olhou para todas, atentamente, sem nada perguntar. Depois que a estagiária digitou as ideias de um e de outro sobre o mesmo projeto, ela fechou o notebook e se despediu, dizendo assim:

- Pirei com a casa de vocês!

O homem estranhou:

- Pirou? Como assim?

- Ao observar os objetos de uma casa é possível fazer um esboço do perfil das pessoas que nela residem. Tudo aqui tem muita personalidade e revelam bem as almas de vocês, que a construíram como um verdadeiro ninho! Aqueles quadros de fotos nas paredes e aqueles porta-retratos sobre o buffet guardam as memórias de tudo que vocês amam ou amaram. E o melhor de tudo, parece que não desejam as perder, por nada neste mundo! Então, literalmente, eu pirei! (riso). Vocês formam um casal amoroso e efetivo, colocando a família e não a decoração em 1° lugar e isso é muito raro, nos dias de hoje.

E você, o que, realmente, tem priorizado em seu lar?

UMA BOA LEITURA E MUITA SAÚDE EM 2022!



O editor GP escreve mais uma crônica: Não fique reclamando por ter que estender cama, todo dia...


Mais da Gazeta