Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Notícias Câmara

TEMPO QUENTE NA CÂMARA: REAJUSTES SALARIAIS NO EXECUTIVO E NO LEGISLATIVO

Na tarde do último dia 20, aconteceu uma reunião extraordinária na câmara para votação de dois projetos, em caráter de urgência. Não deixe de ler.

O 1º projeto a ser apreciado e votado foi o projeto de lei ordinária 04/2022, de autoria do Executivo, que autoriza a promover a revisão geral dos vencimentos dos servidores públicos municipais e do subsídio (salários) dos agentes políticos (prefeito, vice-prefeito e secretários), nos termos do inciso X, do artigo 37 da Constituição da República. A matéria foi amplamente discutida pelos vereadores e aprovada em 1ª votação, por dezesseis votos a zero. Houve ainda a votação de uma emenda que também foi aprovada por unanimidade. 

PREFEITURA - O vereador Juninho JR solicitou ao presidente da câmara, vereador Nilton Reis Lopes que o artigo  2° do referido projeto, que autoriza o Executivo a promover revisão geral nos subsídios dos agentes políticos no percentual de 10,16%, fosse votado em destaque, o que foi concedido pelo presidente. Após ampla e nova discussão e dividindo opiniões, o artigo 2° foi aprovado por doze votos favoráveis e quatro contrários. Logo após, o projeto foi colocado em 2ª votação, sendo aprovado por dezesseis votos a zero. Com a aprovação da matéria, o Executivo poderá promover a revisão salarial dos servidores públicos, no percentual de 12% e também dos agentes políticos do município, no percentual de 10,16%, ainda neste mês.

CÂMARA - O 2º a ser apreciado e votado pelo plenário foi o projeto de lei ordinária número 06/2022, de autoria da mesa diretora da câmara, que concede revisão remuneratória anual nos subsídios (salários) dos vereadores e reajuste nas tabelas de vencimentos dos servidores da Câmara Municipal de Pará de Minas. A matéria foi aprovada em 1ª votação por dezesseis votos a zero. A vereadora Márcia Marzagão solicitou ao presidente que o artigo 1° do referido projeto, que concede revisão geral anual nos subsídios dos vereadores no percentual de 6,9%, também fosse votado em destaque, o que foi concedido pelo presidente. Após diversas discussões e divergências de opiniões entre os vereadores, o referido artigo foi aprovado por dez votos favoráveis e quatro contrários, e logo após, aprovado em 2ª votação por dezesseis votos a zero. Com a aprovação da matéria, a câmara poderá promover a revisão remuneratória dos servidores públicos no percentual de 12% e também dos vereadores no percentual de 6,9%, a partir do mês de fevereiro. Após a aprovação do projeto, alguns vereadores se manifestaram, afirmando que o valor do reajuste deles será destinado às instituições, que prestam assistência e serviço social, para serem revertidos em benefícios a quem precisa.

O NÃO DO PRESIDENTE - O presidente Nilton Reis Lopes declarou que, embora não possa votar esta matéria, se votasse seria contrário à revisão remuneratória dos vereadores e afirmou que irá pedir ao procurador da câmara que elabore um documento para sua renúncia formal à revisão. Disse ainda que espera que todos que votaram contrário à revisão remuneratória dos vereadores realizem o mesmo.


Mais da Gazeta