Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Gozacao Pura

PATRICINHA APLICA O GOLPE DO PIX AGENDADO, EM MAIS DE 7 LOJAS

Ai, como euzinha estou ficando famosa nesta terrinha de meu Deus, por causa deste GP Jornal. Senão, vejamos: fui citada nesta edição em duas colunas: * Grito Popular (página 2); e * Galera Participante (página 4). Mas, vamos deixar de lado os confetes, para irmos logo ao que importa: as bombas dessa cidadezinha, onde - Jesus!!! - acontecem coisas do Arco da Velha. Fico até pensando se é por causa das redes sociais, que levaram as pessoas a quererem ser o que elas não são, não foram e nunca serão. Ficam todos vivendo em um mundo ilusório, deixando totalmente de lado a vida real... Mas voltando ao assunto, você está preparado(a) para o seu queixo cair e bater no seu pé? Então, toma! Durante semanas, tem repercutido, por instagrans de blogueiras, donas de lojas e whatsApp o caso de uma moça de 20 e poucos anos, que andava montada no dinheiro, fazendo compras nas melhores lojas de roupas, joias, sapatos, etc.. De repente, os fofoqueiros de plantão e as donas dessas lojas quiseram saber de onde estava vindo tanta grana, já que ela tinha apenas um emprego, ganhando apenas um salário mínimo nele. Como pode, então? Aí, euzinha descobri que tudo não passa de golpe novo, chamado Pix Agendado. Já conhece? A tal moça fazia o agendamento do pagamento e a transação ficava retida no banco dela e não constava no extrato do beneficiário a transferência, que só tomava conhecimento, quando a data do agendamento chegava e o dinheiro não caía na conta. Essa Patricinha aplicou tal golpe em mais de sete lojas da cidade. Para tanto, ela agendava o pix, eliminava a parte que informa que era Pix Agendado e enviava o comprovante para a loja, que achava que teria recebido o dinheiro das compras. Depois, a gatuna simplesmente cancelava o pix e ficava com a mercadoria. Felizmente, quando ela ia aplicar mais um golpe, em uma loja no começo da rua Direita, ela foi abordada por policiais, por crime de estelionato. Chamaram os pais dela no local e, para não ser presa eles assumiram o compromisso de arrumar dinheiro, para pagar os mais de três mil reais que ela já tinha dado o cano. Patricinha que é, ela ainda fez a maior cara de deboche para os PMs, ao sair da loja com seus pais. Fiquei sabendo agora, à boca miúda, que a poderosa madrinha de batismo dela é quem está pagando todas as dívidas que ela fez pela cidade, onde a notícia se espalhou como um verdadeiro buscapé. Que mico! Mas o pior veio depois, quando ela foi demitida dos dois empregos, perdeu o namorado e ainda tentou suicídio. Mas continua batendo pernas pelo Centro e festinhas, normalmente, como se nada tivesse acontecido e na agitação de sempre nas redes sociais. Haja BUUUM!!!

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR - As loucuras que essa moça aprontou têm ou não têm a ver com esse viver de aparências, por meio das redes sociais?

ATÉ BREVE! E DE LEVE...

Você não sabe quem sou eu, mas euzinha sei tudo sobre você!

(*) Colaborador que só escreve fake news (notícias falsas).


Mais da Gazeta