Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1923
Pará de Minas 24/06/2022


exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

ATÉ AQUI,FATALIDADE ASSIM SÓ ERA VISTA NO FILME PREMONIÇÃO

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

VERA LÚCIA SENA VALADARES
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal é informação e entretenimento, com qualidade e confiabilidade!”
VINÍCIUS PEREIRA DOURADO, médico cardiologista

Sindijori

HORTIFRÚTIS REGISTRAM AUMENTO DE ATÉ 325%

De acordo com o último boletim divulgado pela Central de Abastecimento (Ceasa) de Uberlândia, 27 itens registram alta nos três primeiros meses do ano, com destaque para a cenoura, que teve uma elevação de 325% no valor do Kg. O encarecimento, de acordo com especialistas, é reflexo da escalada do custo de insumos agrícolas e de fatores climáticos. O levantamento da Ceasa comparou preços de 43 alimentos entre 4 de janeiro e 21 de março deste ano. No total, 16 itens recuaram no valor final e 27 apresentaram aumento. Além da cenoura, registraram alta: o quiabo (150%), a berinjela (133%), a pimenta bode (130%), a pimenta de cheiro (114%) e a melancia (100%). Esses foram os itens com maior elevação no período. (Diário de Uberlândia)


Mais da Gazeta