Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Notícias

BAR/BOATE FECHA AS PORTAS, SOME NO MAPA E NEM FALTA FAZ


Olha euzinha aqui de novo, para dar um pouco mais de colorido à sua pacata vidinha. Você, que me acompanha, desde o início desta calúnia, com certeza vai se lembrar de quando euzinha maravilhosa falei de um bar/boate no shopping cidade e que estava selecionando o público que iria poder frequentá-lo. Lembrou? Depois daquela confusão preconceituosa, ele foi fechado por um tempo, mas depois abriu de novo, dizendo que, dessa vez, qualquer pessoa poderia entrar. Mas aí aconteceu, entre os mix frequentadores, uma brigaiada sem fim, quando quebraram tudo e até feriram pessoas com socos, garrafadas e cadeiradas, dentro bar. Sobrou até para o meu super, hiper, mega microvestido rosê, que saiu de lá um farrapo. Passado tudo isso, no mês passado, o proprietário, que é da capital e acha capiau todo mundo que é daqui, retirou de lá a logomarca do bar/boate, bem como tudo que tinha lá dentro, deixando o cômodo totalmente vazio. E mais: os grupos de divulgação do point foram, literalmente, apagados e os donos sumiram no mapa e nunca mais deram as caras, para dar uma explicação qualquer para esse novo fechamento. BUUUMMM!!! Apesar de ninguém entender nada de nada, a galera nem ligou também, já que as atrações musicais desse bar/boate eram de mau a pior. Só cantores desconhecidos. E as bebidas? Estavam que nem os combustíveis, com preços lá nas alturas. E haja bailes funks, sem censura para menores, além de drogas liberadas. Ainda bem que passou todo esse pesadelo...

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR - Você teve tempo de botar os pés nesse bar/boate ou passou batido?

ATÉ BREVE! E DE LEVE...

Você não sabe quem sou eu, mas euzinha sei tudo sobre você!

(*) Colaborador que só escreve fake news (notícias falsas).


Mais da Gazeta