Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Notícias

A VEZ DO 4º PODER, NO MUSEU

“Estávamos com essa ideia, há um bom tempo já, inclusive, ela seria exposta no ano passado, mas, devido a pandemia, preferimos adiar, pois, uma exposição com essa é importante a participação da própria imprensa, das escolas e do público em geral. Já tínhamos alguns materiais antigos da imprensa aqui no museu, principalmente jornais antigos que datam desde 1894. Afinal, tudo que o museu tem de acervo tem de ser mostrado para a população. A partir dessa ideia, pensamos que seria muito interessante e importante fazermos uma exposição, contanto a história da imprensa de Pará de Minas. Além disso, no mês de junho é comemorado o Dia da Imprensa e também estamos comemorando os 128 anos da imprensa na cidade. Por tudo isso, fizemos essa bela exposição, com uma ótima homenagem a todos aqueles que passaram ou que estão hoje na imprensa local. Começamos então a fazer pesquisas e buscar mais materiais com os meios de comunicação locais, que emprestaram várias peças de valor histórico imensurável,” revela Isabel.

COMO FOI A ABERTURA? - “A abertura foi maravilhosa, quando tivemos a participação de todos os meios de comunicação. Eu, particularmente, fiquei muito feliz com a presença e a participação de todos, e quem vier visitar a exposição vai saber mais sobre a história dos veículos de comunicação da cidade, desde o século IXX. Temos aqui as peças desses veículos e também como funciona o dia a dia da imprensa. A exposição também conta a história das pessoas que fizeram ou ainda fazem parte da imprensa, pois quando falamos em imprensa, normalmente se pensa nos locais físicos onde ela se encontra ou os equipamentos usados, mas, por detrás disso existem pessoas e se não fossem esses profissionais não existiria nenhum veículo de comunicação. Assim sendo, aqui vamos contar a história da imprensa e também das pessoas que fazem ou fizeram parte dessa história.”

O 4º PODER - “A imprensa é fundamental, para que a história aconteça. Ela tem um papel fundamental na preservação da história. Posso citar, como exemplo recente, a própria pandemia, onde temos mais de seis pastas e outros materiais que foram publicados pela imprensa local. Daqui a 100 anos elas servirão como material de pesquisa. 90% do material que temos aqui sobre a pandemia são provenientes de todos os veículos de comunicação locais. Graças à imprensa, conseguimos alcançar todas as pessoas do município e isso não se reflete somente aqui no museu, mas em todas as áreas. Na cultura mesmo tem um papel importantíssimo, pois ela depende muito da divulgação feita pela imprensa, que é muito parceira da cultura. Gosto, inclusive, de citar que, em todos os trabalhos culturais que realizo, sempre recebo um apoio imenso da imprensa. Por essas e outras, acho que essa exposição é mais do que merecida para todos os veículos e pessoas que fazem a imprensa acontecer. Inclusive, na abertura dessa exposição, o prefeito, Elias Diniz, fez um comentário que achei muito verdadeiro. Ele me disse que a imprensa é o 4º poder, também em Pará de Minas.”

* A exposição ficará aberta ao público até o dia 29 de agosto, no museu.


Na terça-feira, 21, foi aberta no museu histórico a exposição A Imprensa de Pará de Minas, com fotos, peças, equipamentos e história de várias pessoas que passaram ou fizeram parte da imprensa local. A reportagem GP conversou com a diretora do museu, Isabel Faria. Fique por dentro.

Mais da Gazeta