Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Sindijori

MULTA AMBIENTAL DE QUASE 700 MIL

O Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) informou nesta quarta, 3, que o proprietário da Fazenda Santa Fé, em Uberlândia, local onde houve o rompimento parcial de um reservatório que trouxe impactos ambientais ao Rio Uberabinha e danos à vegetação em áreas de preservação, foi multado em R$ 689.606,97.  De acordo com informações do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, o Núcleo de Emergência Ambiental, da Fundação Estadual do Meio Ambiente, recebeu a segunda, 1º, uma cópia do Laudo Técnico Preliminar de Investigação do Acidente e Respectivos Danos Ambientais, que apura os prejuízos causados pelo rompimento do reservatório ocorrido no dia 18 de julho. (Diário de Uberlândia)


Mais da Gazeta