Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Eventos GP

O grande vencedor do concurso Selo GP Ano 31
Na edição anterior, a GAZETA publicou os 5 selos finalistas do concurso Selo GP Ano 31, escolhidos pela Equipe GP. Depois disso, as ilustrações foram avaliadas por comissão julgadora, composta por 5 pessoas da área artística cultural da cidade que deram notas de 1 a 5 para cada um dos selos. Após a apuração, o grande vencedor do concurso foi o designer pará-minense Pedro Henrique Barboza, 30. Daqui pra frente, Pedro terá seu selo estampado em camisetas, placas luminosas e no cabeçalho da nova diagramação desta GAZETA. A reportagem GP falou com ele. Acompanhe. “Quando fui criar o selo, fiquei em dúvida do que usar (ponto turístico da cidade). Considerei como clichê usar o Cristo e o Santuário, mas não tem como fugir, pois são 2 pontos bem conhecidos, a cara de Pará de Minas. Então, pensei em usar o Bariri, mas é difícil de ser ilustrado. No final, ao invés de fazer apenas 1 ponto, consegui usar 4: o Santuário, os arcos da Ponte Grande, o Bariri e o Cristo. Já a cor usada foi de acordo com as águas da lagoa do Bariri”, esclarece Pedro. ÓTIMA INICIATIVA - “Eu já tinha observado os selos da GAZETA, mas não sabia como participar, nem sabia se era aberto ao público... Mas neste ano, recebi o convite no meu serviço (Publique) e achei muito interessante, pois é algo que mexe comigo, pois é uma coisa que gosto de fazer: criar. É uma ótima iniciativa da GAZETA para aqueles que gostam de desenhar e criar, e muitas das vezes não têm a oportunidade de mostrar o seu trabalho em Pará de Minas. Parabenizo a GAZETA por essa iniciativa”. ASSINATURA DA GAZETA – “Como a minha avó é assinante, minha mãe já lia as edições antigas; ela gosta muito de ler a GAZETA. Mas agora vou ganhar uma assinatura do jornal (anual) e vou colocar em nome dela. Eu também gosto, mas, na correria do dia a dia, quase não sobra tempo para ver um site de notícias. Mas, muitas vezes, quando estou em casa e me deparo com um exemplar da GAZETA leio, por ser mais prático para me informar. A mídia digital é prática, mas nem sempre é usada, como o impresso”. ENTUSIASMO – “Agora, quero participar sempre deste concurso da GAZETA. Para 2015, já tenho uma ideia para participar novamente. Trata-se de uma ideia que deixei de usar para o concurso deste ano, já com a intenção de usá-la no próximo ano (Selo GP Ano 32). É algo totalmente diferente dos pontos turísticos de Pará de Minas. Vamos ver o que vai sair... Agradeço muito a todos da GAZETA por isso”!



Os outros 4 finalistas

Mais da Gazeta