Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias

DETENTOS FORMADOS NA PIO CANEDO

A Escola Estadual Professor Agmar Gomes do Couto, que fica dentro da P penitenciária Pio Canedo, realizou, no dia 12 de julho, a formatura de quinze detentos que se formaram no ensino médio, através do projeto interdisciplinar Em Busca da Harmonia, trabalhando o relacionamento entre agentes, professores e alunos. Para saber mais sobre esse assunto, a reportagem GP conversou com o diretor da penitenciaria, Marcelo de Carvalho Barbosa. Informe-se.

“Como educador, fico muito satisfeito com essa formatura, pois só a educação pode salvar esse país. Quando vemos pessoas interessadas em educação, em adquirir conhecimento, não só para o mercado de trabalho, mas também para a vida, ficamos ainda mais satisfeitos. Graças a Deus, este ano estamos conseguindo formar duas turmas de ensino médio: esta agora, e outra, no fim do ano. E com o recorde de 15 detentos. Nunca se formou tantos detentos assim, no ensino médio,” conta Marcelo.

O PROJETO - A reportagem GP conversou também com Valdirene Maria Ribeiro, que é a supervisora da citada escola. Veja.

“O diretor da penitenciária queria que trabalhássemos o convívio e o relacionamento nesse projeto, entre agentes e alunos, professores e alunos. Tivemos um resultado muito bom e podemos falar que foi muito bem aceito pelos alunos que tiveram uma boa participação. Fizemos, inclusive, um mural que fala do compromisso e da criatividade dos alunos além das grades, que será exposto nas outras escolas,” explica Valdirene.

OPORTUNIDADE - A reportagem GP conversou ainda com um dos formandos, Anderson de Jesus Santos. Acompanhe.

“Esse projeto envolve psicólogos, professores e autoridades da unidade e era ministrado às 4ªs feiras. Eles nos falaram sobre preconceito, interação com a sociedade e harmonia. É uma satisfação muito grande me formar, pois, quando eu estava na rua, tive a oportunidade de estudar, mas como eu trabalhava, tive que parar. Mas agora tive essa nova oportunidade. Minha família está aqui presente... o meu filho que eu amo bastante. Para eles está sendo um orgulho me ver aproveitar essa oportunidade, uma vez que errar é humano, mas persistir no erro é burrice,” afirma Anderson.

Mais da Gazeta