Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias

QUEM BOTOU FOGO NA VILA?

Dias desses, houve mais uma repercussão negativa na cidade, provocada pela internet. Desta vez, sobre uma queimada realizada na Vila Nossa Senhora Aparecida, cuja culpa recaiu sobre a equipe de combate às endemias. Para saber mais sobre esse assunto, a reportagem GP conversou com o secretário de saúde, Paulo Duarte. Veja.

“Nós já conversamos com a equipe e o retorno que damos para a população é de que a equipe estava realmente no local, fazendo a recolhida de lixo, cumprindo o seu trabalho de combate à dengue. Entretanto, já havia o foco do incêndio lá. Como eles não tinham condições para interferir naquela queimada, continuaram executando o serviço deles. Não faz o menor sentido a acusação, já que eles estavam ali recolhendo o lixo. Se fossem eles, eles teriam colocado fogo no próprio lixo. Essa equipe luta muito e está focada em não deixar que a cidade tenha, novamente, uma epidemia de dengue. Infelizmente, grande parte do trabalho dessa equipe se dá pela falta de consciência da população que joga lixo nos lotes vagos, nas ruas, avenidas e praças, acumula lixo desnecessário nas casas e até botam fogo na matas secas, nessa época do ano,” sentencia o secretário triônico.

Mais da Gazeta