Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

Notícias

MORRE LOCUTOR DA RÁDIO ESPACIAL

 Morreu na última segunda-feira, 30, o locutor Jorge Luiz, 53, que trabalhou na Rádio Espacial FM, durante trinta anos. Antes de ser acometido com um câncer na cabeça, ele apresentava o programa Sertanejo Bom de Mais, considerado o programa no ar mais antigo da grade da emissora. Durante o seu programa, toda a região dava boas-vindas à noite ouvindo Jorge Luiz. E o momento mais marcante da atração, sem dúvida, era quando o locutor chamava a Ave Maria com uma oração própria. Jorge Luiz lutou, bravamente, contra o câncer, durante dois anos, mas foi vencido no HNSC, onde estava internado. Nem durante o tempo em que esteve doente, ele perdeu o seu típico bom humor. Sempre que se encontrava com o editor GP, por exemplo, soltava sempre um alegre e esfuziante Como Vai, o Ilustre Jornalista Bié Barbosa? O corpo do locutor foi velado no velório municipal e sepultado no Cemitério Santo Antônio, rodeado de amigos, familiares e ouvintes que ali estiveram para lhe prestar a última homenagem. Jorge Luiz deixa viúva sua esposa, Andréa, e dois filhos, Gabriel, 23, e João Vitor, 12.

Mais da Gazeta