Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias

PARABÉNS, CAMINHONEIROS

Foi excelente o movimento (com a paralisação). Mesmo afetando a totalidade da população (uns mais, outros menos) foi uma forma de dizer para os poderosos, que não estão nem aí para os mais pobres e os menos favorecidos, que eles precisam, sim, de governar para todos e que todo o povo (de todos os níveis sociais) tem que ser respeitado. Na verdade, os caminhoneiros estavam na condição de trabalhadores escravos, além dos enormes riscos nas estradas, na falta de uma segurança adequada, que não existe nada.

Mais da Gazeta