Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1917
Pará de Minas 13/05/2022


exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

“FIQUEI LIGADA A UM MONTE DE APARELHOS, MAS NÃO TINHA MAIS O CÂNCER NO MEU CORPO”

exclusivo

O mais tradicional evento cultural da cidade debateu sobre a VIDA PÓS-PANDEMIA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

LEVINO DA COSTA DE JESUS, 115
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Por ser sério, o GP Jornal é muito respeitado na cidade!”
JOSÉ IRINEU SILVA, empresário.

POR ESTAS E OUTRAS QUE O CARNAVAL É CHAMADO DE FESTA DO DEMO...POR ESTAS E OUTRAS QUE O CARNAVAL É CHAMADO DE FESTA DO DEMO...

       SOFÊIC NILS (*)
POR ESTAS E OUTRAS QUE O CARNAVAL É CHAMADO DE FESTA DO DEMO...

SOFÊIC NILS (*), colaborador que só escreve fake news (notícias falsas). Seu lema: “VOCÊ NÃO SABE QUEM SOU EU, MAS EUZINHA SEI TUDO SOBRE VOCÊ”!



Todo mundo já está careca de saber que euzinha sou mesmo é do povão, mas tenho também os meus poucos contatos com a granfinagem patafufa. Aí, fico sabendo de cada coisa do arco-da-velha, como as três bombas, que fiquei sabendo, recentemente, durante um domingo que eu passei naquele clube, onde a regra é falar mal da vida dos outros... Confira os que três empresários me disseram: 1º) “Há funcionários  muito espertos, não pra trabalhar, mas para tentar passar a perna na gente. Eles são mestres em pegar atestado médico, sem estarem doentes. São tão fingidos e representam tão bem que até passam a perna em doutores inexperientes que ainda caem nesse velho conto do vigário.” BUUUM!!! 2ª) “Você não viu nada! Na minha empresa tem funcionário que sempre atrasa para chegar e depois do almoço também. E haja desculpa esfarrapada pra dar. Cada uma que só rindo mesmo! Mas é como eu sempre digo: a mentira tem perna curta e, realmente, ela nunca vai muito longe...” BUUUM!!! 3ª) “Ihhh, vocês não viram nada, porque um embalador e repositor da minha empresa, vira e mexe, apresenta atestado de suspeita de dor de cabeça, de gripe forte, e até de covid, entre muitas outras. Porém, os próprios colegas de trabalho acabaram dedurando o safadinho, informando que, na verdade, ele tem ido, de dia, para um motel, em uma cidade vizinha. Advinha com quem? Sempre com homens casados. Claro que eu coloquei esse no olho da rua!” Três vezes bum: BUUUM, BUUUM e BUUUM!!!

Mas tem também outros casos que euzinha fiquei sabendo por aí, na boca miúda. Segura: * funcionário de loja de roupas teria apresentado atestado médico assinado não por um médico, mas por uma estudante de medicina e foi curtir o carná no Rio de Janeiro; BUUUM!!! * Funcionária pública teria alegado dores nas costas, tosse e rouquidão e que não conseguia nem se levantar... Tudo para ir para o motel com o melhor amigo do companheiro... BUUUM!!! * Funcionário de uma loja de eletrônicos estaria pegando atestados médicos falsos, enquanto montava a sua própria loja, no mesmo setor do patrão. * E, por fim, funcionária de um restaurante da cidade que estaria lá, no feriado de segunda-feira, não para trabalhar, mas pra ficar de boa lá dentro, com o patrãozinho. Haja buns: BUUUM, BUUUM, BUUUM, BUUUM, BUUUM...

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR – Será que você também ficou sabendo desses bafões carnavalescos de Paris de Minas?

ATÉ BREVE! E DE LEVE...

Você não sabe quem sou eu, mas euzinha sei tudo sobre você!

(*) Colaborador que só escreve fake news (notícias falsas).


Mais da Gazeta